Samuel (primeiro livro)

Nada do seu dinheiro importa,
assim como suas roupas e bens.
Mesmo que conte tudo que tens,
ah, sabes que isso não conforta.

Sua elegância, etiqueta e maneira,
aparências e formosuras
não passam, no céu, de roturas
que remete uma certa videira.

Todo o exterior que hoje é visto,
por mais elegante que seja,
é, na verdade, a parte podre da cereja.
Duro de entender, mas nisso insisto.

É que o Senhor não olha pra fora,
não repara no que tu tens ou não.
Para o homem, todo este zelo foi vão.
Deus reconhece o que dentro aflora

pois vê depois da superficialidade,
se ama os inimigos para salvá-los,
se obedece os preceitos guardados,
se cultiva alegria, amor e santidade.

Natanael Melo