Reis (segundo livro)

Jorão,                                    Jeú,
Joacaz,                                Joás,                                                        Jeroboão II,
Zacarias,                              Salum,
Menaém,                                                                                         Pecaías,
Peca                                   e Oséias.

Veio, então, o cativeiro de Israel. Tornaram-se um povo escravo. Isso aconteceu por causa da sua idolatria. Adoraram outros deuses em lugar Daquele que os tirou da escravidão do Egito. O Senhor foi misericordioso em tardar o castigo, almejava deles esperança.

São listados os reis que,
por conta da obediência,
fizeram o reino de Judá
protelar a penitência.

Ezequias, homem fiel,
cumpriu seu papel
no obedecer ao Senhor
com todo seu amor.

Os ídolos retirou,
em pedaços os deixou.
Em Deus a fé colocou
e Dele nunca se apartou.

Josias, rei que reconstrói.
Além do templo reerguer
fez com o povo aliança
pra do Senhor não se abster.

São listados os reis que,
por causa da infidelidade,
levaram o reino de Judá
à dor e promiscuidade.

Jeorão,                                                     Acazias,
Atalia,                            Joás,                                          Amazias,
Uzias,                                                                                                         Jotão,
Acaz,                                                       Manassés,
Amom,                                                                                                                   Jeoacaz,
Jeoaquim,                                Joaquim
e Zedequias.

Estes foram reis que não agiram como reis. Não eram em Jeová alicerçados. Se fossem, não teriam permitido a ida do povo de Judá ao cativeiro, também. Não lhes são oferecidos poemas. Não merecem versos. Essa foi a melhor maneira que encontrei para demonstrar a desordem que foram seus mandatos.

Natanael Melo