Tais desafios

Nesta jornada
da santidade,
busca à verdade,
vem-me, do nada,

grandes dilemas
sem tem porquê,
falo “pra quê?”
Deus diz: “não temas”.

Tais desafios,
os vejo grandes.
Seus fins? Distantes.
São calafrios.

Já te esqueceu
o dito acima?
Tua alma declina
ao Santo Deus.

São pra fazer
você mais forte
em frente a morte
que é obedecer

Jesus na lida.
Mas vale a pena,
é mais Quem ordena,
luta renhida.

Natanael Melo