Corruptela

Certo rei
ao assumir
o trono
do pai
tentou
esconder
do povo
sua corrupção.

Na lei
sem cumprir,
abandono
que recai,
roubou
sem reter;
“provo
usurpação.”

“Me irei,
hei de ir
contra o dono
de nossos ais.
Nos maltratou
e vem nos dizer
‘reprovo
a multidão.'”

Ó, que nossos eis
não sejam a repelir
quem fez o desabono,
quem promete e trai.
Mesmo se nos humilhou
venhamos a interceder
pra que seja feito renovo,
que lhe haja salvação.

Natanael Melo